↑ Retornar para Comunidades Redentoristas

Imprimir Página

A Casa Central é um lugar de acolhimento dos confrades e leigos

Os Missionários Redentoristas da Vice-Província de Fortaleza, logo que iniciaram a fundação 1960 – 1962, tiveram a preocupação de construir um espaço onde os confrades pudessem ser bem acolhidos. No início, a idéia era de um convento, passando depois a chamar-se casa central.

A primeira casa foi construída no ano de 1963 e constava de 20 quartos. O seu idealizador, o Padre Jaime, conta com riqueza de detalhes em carta enviada ao Provincial no ano de 1963, como deveria ser a casa: “Devido ao clima daqui, é necessário ter chuveiros nos quartos. Os corredores dos dois lados dos quartos também são necessários por causa do clima. Em algumas partes do mosteiro, haverá combogó”. Nessa Casa Central, além de residência do Vice-Provincial, do ecônomo e dos diretores do Colégio Redentorista, funcionaram também o aspirantado e o juniorato da Vice-Província.

Atualmente o prédio está alugado para a guarda municipal de Fortaleza. E uma nova Casa Central foi construída bem ao lado, sendo bem menor que a primeira, porém com o mesmo objetivo de ser a casa de acolhimento dos confrades e leigos que chegam. A nova casa, inaugurada em Julho de 2009, situada à Rua Ana Nery, 1745, no Bairro Rodolfo Teófilo, também vem se adaptando para ser um espaço de acolhida para os confrades idosos e os que precisam recuperar bem a saúde. O idealizador dessa nova Casa foi o Padre Bernardo Holmes, Vice-Provincial na época.

Link permanente para este artigo: http://www.redentoristasfortaleza.org.br/comunidades-redentoristas/a-casa-central-e-um-lugar-de-acolhimento-dos-confrades-e-leigos