«

»

jul 31

Imprimir Post

Santo Afonso: 93 anos de presença em Carrapateira – PB

DSC05196A convite de Chico Malta, membro do MCP – Movimento das Comunidades Populares, após o trezinho das CEBs – Comunidades Eclesiais de Base, em Juazeiro do Norte, viajei para a cidade de Carrapateira, na Paraíba. A viagem que no início tinha o propósito de uma troca de experiências entre o MCP e a OPA – Organização Popular de Aracati, passou a ser uma gostosa troca de experiências entre um filho de Afonso e uma Paróquia que o tem como padroeiro.

Afonso Maria de Ligório, nosso fundador, chegou em Carrapateira bem antes da presença Redentorista na região. Segundo o Sr. José Pereira, 83, em 1º de agosto de 1920 aconteceu a primeira festa do padroeiro Santo Afonso. O início da construção da capela se deu em 1918. E a imagem de madeira foi trazida pelo padre Nicolau Leite.

Dona Leonília Pereira, 69, conta que um bando de cangaceiro queria pegar o caixote contendo a imagem de Santo Afonso pensando se tratar de muito dinheiro. “Nesse caixote tem muito dinheiro” dizia  Zé Pereira, o Bom de Vera, chefe dos cangaceiros da região naquela época.

Os três dias que passei em Carrapateira, embora fosse meu tempo de férias, valeu pela expressão de carinho que as comunidades tem para com nosso Santo Afonso. Tive a oportunidade de visitar seis comunidades, confessar, celebrar a Eucaristia, partilhar o alimento com as famílias… Era como se estivesse em casa.

Como filho de Afonso, sinto que ele também se sente bem em Carrapateira, os cabreiros de hoje, que ele descobriu há 93 anos atrás. Para o casal Antonio Anísio e Maria do Desterro, Santo Afonso é como um milagre na vida deles. “Ele é nosso advogado, intercessor. A gente assume os trabalhos da Igreja por amor a ele.”

Link permanente para este artigo: http://www.redentoristasfortaleza.org.br/nota/540

1 comentário

  1. Jocélia Ribeiro

    São histórias como esta que nos estimulam a continuar nos envolvendo na luta por dignidade e justiça, para que em todos os rincões desde mundo aconteça solidariedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>